Dieta Low Carb – experiência pessoal

Nesse post eu vou contar a minha experiência pessoal com a dieta low carb antes do veganismo

VeganoSem glúten
20 de Março de 2020

Fotografia por Bruna Serta

Estou vindo para falar de assuntos pessoais e experiências pessoais. Espero que vocês gostem, porque já tenho várias coisas para falar com vocês e quero fazer isso pelo menos 1 vez por semana. E vocês podem (devem) sugerir algum assunto do interesse. Me deixem nos comentários.

Bom, o assunto de hoje é polêmico e cada um tem a sua opinião. Hoje eu quero relatar a MINHA experiência, então a minha opinião é baseada no que eu vivi. E eu não sou médica e nem nutricionista! Porém como eu passei por isso, acabei pesquisando muito, indo à médicos e nutricionistas para saber opiniões. Por este motivo, tudo que eu vou relatar, é experiência, pesquisa e opinião de médicos.

Hoje vamos fala de dieta LOW CARB! Ela já tá aí na moda há algum tempo. E ANTES de eu ser vegana, em 2013, eu fiz essa dieta. E nunca, em lugar nenhum eu contei o que aconteceu comigo, só as pessoas mais próximas sabem. Mas acho que chegou a hora de compartilhar e contar para mais pessoas. Afinal, quanto mais informações a gente têm, mais podemos nos cuidar. E provavelmente se eu tivesse lido algum relato desse tipo, como eu vou fazer hoje, a minha vida teria sido diferente.

O que é a dieta Low Carb?

O principal objetivo da dieta Low carb é reduzir (em alguns casos eliminar) os carboidratos da dieta, aumentando o consumo de proteínas e gorduras.

Como começou pra mim

Em novembro de 2013, estava chegando o verão e eu estava louca para fazer uma dieta rápida, que eu emagrecesse um tantinho para eu ir à praia, me sentir melhor e etc.\ Eu não estava fazendo nada radical, me alimentava bem, mas queria fazer dieta por um tempo curto. E um dia eu fui passear no shopping com uma amiga e a mãe dela. Acabei comentando que queria fazer uma dieta que eu emagrecesse rápido. E a mãe dessa minha amiga, me contou que existia a dieta low carb (que eu não conhecia), e você não passava fome e emagrecia rápido.\ Cheguei em casa e fui procurar. Eu adorei a ideia da dieta, e no dia seguinte comecei a fazer. (Na época eu não era vegana, nem sabia da doença celíaca).

O que eu comia?

Proteína de origem animal era o meu principal alimento. Comia muita carne vermelha, frango, queijos, muitos e muitos ovos, hortaliças e alguns legumes. E o único cereal que eu continuei consumindo foi a aveia (com moderação).

A dieta

A dieta foi muito fácil de ser seguida, e eu realmente não passava fome. Comecei a emagrecer MUITO rápido. E é claro que eu tava animada por ser uma dieta que eu podia comer o quanto eu quisesse, desde que não tivesse carboidrato. PORÉM, eu me sentia cansada e sem energia. Eu já tinha lido que isso acontecia nos primeiros dias pela falta de carboidratos, mas diziam que o corpo acostumava. Então eu não me preocupei.

OBS: (EU FAZIA O DIA DO LIXO- todo sábado eu comia pizza e tudo o que eu tinha vontade).

O que aconteceu?

Mais ou menos 1 mês depois que eu já estava fazendo a dieta. Eu tava emagrecendo, mas eu ainda me sentia muito fraca. Já era quase Natal, dia 23/12/13. Eu estava com o meu irmão e a minha mãe fazendo a sobremesa da ceia de Natal. E eu estava super tentada a comer um doce, na verdade eu tava em desespero para comer um doce. Como no dia seguinte eu iria comer de tudo, me segurei. Mas na hora, eu comecei a me sentir MUITO MAL. E falei pro meu irmão que não estava me sentindo bem. Eu me agachei e disse que estava com pressão baixa.

Nisso eu apaguei, ficou tudo preto e eu só acordei com a minha mãe gritando em cima de mim. E o meu irmão estava com um pote de açúcar, colocando na minha boca.

EU ESTAVA TENDO UMA CRISE HIPOGLICÊMICA. PELA FALTA DE CARBOIDRATOS.

Graças a Deus, meu irmão reconheceu a convulsão e sabia o que fazer. Assim que ele colocou o açúcar na minha boca, eu acordei. Eu já estava roxa. E sim, se eu estivesse sozinha no meu quarto, eu teria morrido.

Ainda quando eu desmaiei, eu bati com tudo a cabeça na bancada da cozinha, por sorte, não foi pior. Óbvio que a dieta acabou ali, eu não queria mais fazer. E eu fiquei tão assustada com o que aconteceu, que eu comecei a ter crises de síndrome do pânico e que duram até hoje (assunto para outro post).

Por que eu?

A minha principal pergunta depois que isso aconteceu era” por que isso aconteceu comigo?”Vejo tanta gente fazendo a dieta e nada disso acontece.“Será que eu tenho alguma doença?”Eu nunca tinha tido nenhum problema de saúde. E então depois do ocorrido eu fui em médicos, fiz exames, fui em nutricionistas. E todos os exames deram normais. E a resposta que obtive de todos os médicos e nutricionistas foi: DIETA LOW CARB É UM PERIGO PARA A SAÚDE. Sim, isso pode acontecer e você pode morrer. Ou então desenvolver inúmeras doenças a longo prazo. Eu fiquei chocada, porque quando a gente procura na internet, não encontramos nenhuma informação desse tipo.

E 1 ano depois que isso aconteceu eu virei vegana e posso falar que nunca fui mais saudável na minha vida. (Aliás, vocês querem que eu fale o que melhorou na minha vida com o veganismo?)

Carboidrato é essencial para o ser humano, eu não engordei comendo mais carboidrato. E hoje sabe-se que isso é mito! Ele é essencial para a sua saúde, não acredite em dietas da moda. E se for fazer dieta, SEMPRE faça com um acompanhamento e por indicação de médicos e nutricionistas.

Faça escolhas saudáveis, a saúde sempre em primeiro lugar!

Estudos

Vou compartilhar um estudo sobre a dieta low carb bem completo e bem informativo. Também vou compartilhar o primeiro vídeo do Dr. Eric Slywitch sobre Low Carb. Ele fez uma série de vídeos no canal dele, “desmistificando” o carboidrato e esclarecendo a origem de algumas doenças. Recomendo fortemente que vocês assistam.

Cada um sabe o que é melhor para si, mas nós precisamos estar cientes das consequências.

Segundo a Sociedade européia de cardiologia, a dieta low carb deve ser evitada, pois tem risco de morte prematura. E o aumento do risco de doença coronariana, avc e câncer.

Em um estudo, NHANES comparou mais de 24000 indivíduos que consumiam mais e outros menos carboidratos, por mais de 10 anos. E constataram que, aqueles que consumiam menos carboidrato tinham um risco de 32% a mais de morte, de qualquer causa, do que aqueles que consumiam carboidratos normalmente. Além disso, o risco de morte por doença coronariana aumentou em 51%, por avc aumentou 50% e por câncer aumentou 32%.\ Sabe-se que a carne vermelha e processada já é associada a um risco aumentado de câncer.

DIETAS POBRES EM CARBOIDRATOS NÃO SÃO SEGURAS.\ https://www.sciencedaily.com/releases/2018/08/180828085922.htm

E abaixo está o 1º vídeo do Dr. Eric Slywitch sobre Low Carb, assistam os outros vídeos.

https://www.youtube.com/watch?v=VN-0XQ6f2Dg

Conclusão

Com esse meu depoimento, eu espero que quem se interessa pela dieta Low Carb, pense mais, reflita e procure profissionais que saibam orientar. Será que realmente compensa emagrecer e ficar sem saúde? E nesse tema daria muito bem para entrarmos na questão ambiental/animal, que eu não vou me estender hoje.

Mas eu quero saber das experiências de vocês. Quem já fez ou conhece alguém que fez/ faz dieta Low Carb. Me contem!

Beijinhos!



...

Chef Bruna Serta

Olá, meu nome é Bruna Serta, sou Chef Pâtissière, recrio clássicos da confeitaria francesa em versões completamente veganas e sem glúten.